Um sorriso muda tudo!

Estamos no mês da campanha Setembro Amarelo.

Mês da prevenção contra o suicídio.

Já está chegando ao fim mas devemos lembrar disso todos os dias. 
Suicídio: É o ato de tirar a própria vida. 

Quem nunca pensou em suicídio?

Segundo o psiquiatra Roosevelt Cassoria, especialista brasileiro em suicídio, “todos já pensamos em suicídio em algum momento na vida. 

É um pensamento humano. 

Se não desejamos nos matar, ao menos cogitamos morrer – morrer para escapar do sofrimento, para nos vingar, para chamar a atenção ou para ficar na história”. 
Mas uma coisa está errado, “morrer para chamar ATENÇÃO”, você também já deve ter escutado que depressão e suicídio é coisa de gente que tem a mente fraca, pessoas que querem chamar atenção. 

O que é depressão?

A depressão é uma doença, diferente do que muitos pensam, que atinge diversas áreas químicas do cérebro. 

Os neurotransmissores é uma grande parte atingida daquelas pessoas que desenvolvem essa doença. 

Sintomas: 

Diferente do que pensam muitas pessoas, a falta de sociabilidade e interesse social não são causas da depressão, e sim uma consequência da doença que já existia, alguns sintomas que podem ser detectados são:

Ansiedade, angustia, falta de interesse social, desânimo, humor depreciativo, sentimentos de medo, indecisão.
A depressão poderá também ter sintomas físicos, como:

Dores de barriga, má digestão, azia, flatulência, diarreia, dores de cabeça, e outras dores sem qualquer explicação cientifica.

13 Reasons Why, acho que muitos de vocês já devem ter assistido, lembram da história? 

Tudo começou quando a Hannah teve o primeiro beijo dela e logo após isso fotos dela foram espalhadas no colégio, pessoas tratavam ela mal bullyng, ela amava sozinha, foi abusada sexualmente, não tinha a atenção dos pais e muitas coisas contribuíram para o “fim” dela, o suicídio. 

O que você faz para deixar as pessoas melhor? 

Será que você conversa e dar apoio a elas? Não? Tá na hora de sentar e conversar né? 

Aprendir e aprendo a cada dia que milhares de pessoas ao meu redor clamam por ajuda e meu coração clama por pessoas para ajudar. Converse mais com as pessoas, aprenda a entender as pessoas e não só o seu lado, sorria pois isso pode mudar o dia de alguém. 

Se você sofre por alguém coisa ou está lidando com a depressão, pode se abrir conosco através dos nossos Instagram ou ligando para 141 centro de valorização da vida. 
Lembresse que o fim não vai tirar sua dor, só vai aumentar a dor das pessoa que te amam, você é importante e eu amo você!

Advertisements

Solitude

Solidão ou solitude?

Ao contrário da solidão, solitude é ter o prazer em sua própria companhia.

O que você acha da solidão? Você deve ter respondido de uma forma negativa. No universo dos solteiros a solidão é algo frequente. Dormir e acordar sozinho, comer sozinho… até falar sozinho! Mesmo tendo amigos ou família por perto estamos frequentemente driblando o “lado ruim” da solidão e curtindo o “lado bom”.

Há quem ame ficar sozinho para cuidar de si e quem deteste ficar sozinho. O fato é que o “lado ruim” da solidão pode ser não só a falta de ter alguém para conversar, mas também o incômodo de ter a si mesmo como companhia. Estranho, não?
“A linguagem criou a palavra solidão para expressar a dor de estar sozinho. E criou a palavra solitude para expressar a glória de estar sozinho” (Tillich)

Solitude é o isolamento ou reclusão voluntário, quando o indivíduo busca estar em paz consigo mesmo. Diferente da solidão que em sua essência é o estado emocional do indivíduo que deseja ardentemente uma companhia e não encontra. Um indivíduo pode estar cercado de amigos, em meio a um salão de festas muito animado, e ainda assim estar corroído pela solidão.

Em alguns casos, o indivíduo escolhe isso pelas experiências que lhe foram desagradáveis em algum tempo atrás. Sendo então a solitude uma maneira de evitar que o mesmo incidente ocorra novamente.

Solidão tem as fases horrível por querer quase sempre alguém ao lado e solitude é a glória de estar sozinho. Não confunda solitude com insolamento, é ter prazer na sua própria companhia. 

E você? Está em paz consigo mesmo?