Solitude

Solidão ou solitude?

Ao contrário da solidão, solitude é ter o prazer em sua própria companhia.

O que você acha da solidão? Você deve ter respondido de uma forma negativa. No universo dos solteiros a solidão é algo frequente. Dormir e acordar sozinho, comer sozinho… até falar sozinho! Mesmo tendo amigos ou família por perto estamos frequentemente driblando o “lado ruim” da solidão e curtindo o “lado bom”.

Há quem ame ficar sozinho para cuidar de si e quem deteste ficar sozinho. O fato é que o “lado ruim” da solidão pode ser não só a falta de ter alguém para conversar, mas também o incômodo de ter a si mesmo como companhia. Estranho, não?
“A linguagem criou a palavra solidão para expressar a dor de estar sozinho. E criou a palavra solitude para expressar a glória de estar sozinho” (Tillich)

Solitude é o isolamento ou reclusão voluntário, quando o indivíduo busca estar em paz consigo mesmo. Diferente da solidão que em sua essência é o estado emocional do indivíduo que deseja ardentemente uma companhia e não encontra. Um indivíduo pode estar cercado de amigos, em meio a um salão de festas muito animado, e ainda assim estar corroído pela solidão.

Em alguns casos, o indivíduo escolhe isso pelas experiências que lhe foram desagradáveis em algum tempo atrás. Sendo então a solitude uma maneira de evitar que o mesmo incidente ocorra novamente.

Solidão tem as fases horrível por querer quase sempre alguém ao lado e solitude é a glória de estar sozinho. Não confunda solitude com insolamento, é ter prazer na sua própria companhia. 

E você? Está em paz consigo mesmo?

Advertisements